O que é gestão de custos e por que ela é tão importante?

julho 14, 2016 4:19 pm Publicado por

Fazer uma boa gestão de custos é uma tarefa essencial para o sucesso de qualquer empresa e, ao mesmo tempo, é uma atividade que se não for bem realizada pode causar graves problemas financeiros na organização.

Para realizar uma gestão de custos eficiente, os gestores precisam conhecer a fundo todas as despesas e investimentos envolvidos na operação da empresa, como custo com mão de obra, impostos e encargos, custo de matéria prima, aluguéis, dentre outros. São diversos custos envolvidos que precisam ser conhecidos e detalhados.

Acompanhe nosso post de hoje e descubra porque a gestão de custos é tão importante.

Porque fazer gestão de custos

Uma correta gestão de custos é o primeiro passo para uma gestão financeira eficiente. O preço de venda de seus produtos e serviços, de um modo geral, são definidos a partir dos custos envolvidos não operação.

No caso de uma indústria, o preço de venda leva em consideração não somente os custos envolvidos diretamente na produção, mas em toda a operação do negócio.

Os produtos vendidos precisam também pagar os custos da equipe administrativa e comercial e todas as despesas que não estão diretamente ligadas à produção, como telefone, limpeza, segurança etc. Quando se conhece detalhadamente o custo de todos os setores envolvidos, fica mais fácil definir metas de vendas e realizar projeções financeiras com mais precisão.

Colocando a gestão de custos em prática

Como será possível para uma empresa saber seu resultado final com exatidão se não consegue calcular seus custos com eficiência? Como saber se a empresa fechou o mês com lucro ou prejuízo? A receita de vendas se torna um número vago se a empresa não sabe calcular seus custos corretamente, afinal, o indicador mais importante no fim do mês é saber se o resultado foi positivo ou negativo.

Um dos primeiros passos para uma gestão de custos eficiente é ter bem claro e dividido os custos fixos dos custos variáreis:

Custos variáveis

Os custos variáveis são todos aqueles envolvidos diretamente na produção de um produto final, ou na entrega de um determinado serviço.

No caso de uma indústria, considera-se custo variável toda a matéria prima e os insumos envolvidos diretamente na produção. Além disso, são considerados custos variáveis em qualquer empresa os impostos sobre a venda dos produtos e serviços, além de comissões da equipe de venda.

Os custos variáveis são aqueles que têm uma relação direta e proporcional ao que a empresa vende ou produz. Se a empresa não produzir, não terá custo com matéria prima, se vender mais ou menos, o valor dos impostos irá variar proporcionalmente.

Custos fixos

Os custos fixos são aqueles que têm pouca ou nenhuma variação de acordo com o resultado da empresa. Custos com pessoal de setores administrativos e comercial, despesas de telefone, limpeza e aluguéis são todos considerados custos fixos, pois mesmo que a empresa tenha uma redução nas vendas ou na produção, estes custos terão uma variação muito pequena.

Para a gestão de custos, esta diferenciação de custos fixos e variáveis é fundamental para auxiliar o planejamento financeiro e estratégico do negócio.

A partir destas informações, a empresa poderá controlar melhor seus estoques, identificar gargalos na produção e planejar melhor seus investimentos.