fbpx

O número de roubos e furtos em canteiros de obras tem crescido de maneira significativa em todo o Brasil. De acordo com uma pesquisa realizada pela Superintendência de Seguros Privados (SUSEP), a incidência destes crimes cresceu 162%somente no primeiro trimestre de 2017. E quando falamos em grandes obras, é preciso ficar ainda mais atento à segurança patrimonial, já que construções de grande porte representam ainda mais riscos para práticas criminosas.

Isso porque o fluxo intenso de entrada e saída de pessoas e materiais torna o local mais vulnerável e acaba por facilitar a ação de criminosos. Para evitar que isso aconteça, o ideal é contar com um planejamento eficiente em segurança patrimonial e adotar práticas que visam aumentar a proteção do canteiro de obras, sobretudo nas fases de acabamento, quando são usados os materiais mais caros que acabam por chamar a atenção dos bandidos.

Portanto, além de se preocuparem com orçamentos, cronogramas, materiais e demais atividades da obra, os gestores também devem dar uma atenção especial para a segurança patrimonial, já que é ela é fundamental para evitar atrasos e prejuízos financeiros. Para te ajudar nessa missão, separamos 3 fatores de atenção que você deve ficar de olho em uma grande obra. Confira!

Segurança do almoxarifado

O almoxarifado é um dos locais mais visados pelos criminosos, já que abriga ferramentas, materiais e equipamentos de maior valor. Além de mantê-lo sempre restrito apenas a funcionários autorizados, é importante reforçar a segurança a fim de inibir a ação de criminosos.

O ideal é instalar câmeras em locais estratégicos e optar por sensores e alarmes de movimento que ajudam a aumentar a proteção do local. Além disso, vale a pena considerar a utilização de contêiner como almoxarifado, já que são considerados bastante seguros e só permitem o acesso a colaboradores autorizados.

Seleção de mão de obra

Em grande parte dos casos de furtos e roubos, os criminosos são pessoas de fora que não fazem parte da construção da obra. Contudo, a contratação de funcionários sem os devidos cuidados pode colocar a segurança patrimonial em risco. Para se ter uma ideia, diversas construtoras já relataram casos de colaboradores que furtaram ferramentas e insumos da obra.

Para evitar que isso aconteça, é importante realizar uma seleção criteriosa de todos os encarregados que fazem parte da obra. Uma alternativa que os gestores podem utilizar é pesquisar o histórico de cada colaborador, consultar antigos empregadores e até mesmo realizar uma avaliação psicológica antes da contratação.

Ronda eletrônica em pontos vulneráveis

Contar com a ajuda da tecnologia é uma prática extremamente importante para a segurança patrimonial de grandes obras. Hoje, já estão disponíveis no mercado diversos equipamentos eletrônicos que ajudam a monitorar os canteiros de obras, mas para garantir a máxima proteção o ideal é optar por aqueles que monitoram os pontos mais vulneráveis e de difícil acesso. 

Em alguns casos, os criminosos aproveitam de falhas no monitoramento e acessam o canteiro de obras por pontos em que as câmeras não são capazes de alcançar. Por isso, apostar em equipamentos de alta qualidade e tecnologia de ponta pode fazer toda a diferença para otimizar a segurança patrimonial de sua obra.

Quer garantir a máxima segurança para seu empreendimento? A SAM atua há mais de 12 anos no mercado de Monitoramento e Segurança Eletrônica, oferecendo soluções autônomas capazes de oferecer a proteção que você precisa para alcançar o sucesso de sua obra. Entre em contato conosco e descubra a solução que mais se adequa às suas necessidades!